Brasil: MPA Inaugura A Primeira Unidade De Beneficiamento De Mel Na Bahia

Com a organização e luta dos camponeses e camponesas, o MPA realizou no dia 14 de setembro, 2018, o Ato de Inauguração da primeira Unidade de Beneficiamento de Mel (UBM) no povoado do Paraíso, município de Jacobina, Bahia, além destas, nos próximos meses devem ser inauguradas mais oito unidades. Estiveram presentes apicultores, camponeses, lideranças de associações locais e representantes políticos dos municípios de Jacobina, Serrolandia, Capim Grosso, Ourolândia, Caém, Caldeirão Grande, Quixabeira, Mirangaba, Queimadas e Umburanas.

Esta é a primeira de nove UBM que os camponeses e camponesas do Movimento conquistaram junto ao Governo da Bahia com muita luta, resultado de ocupações de órgõas do governo estadual, reivindicando esse investimento para o beneficiamento do mel e ampliação da produção. A organização e a qualidade da demanda foram fundamentais para que mais esse passo fosse dado no desenvolvimento da produção camponesa e ter a geração de renda, o cuidado com o meio ambiente e a organização das mais de 40 famílas diretamente envolvidas na atividade, entre eles jovens e mulheres. Esta ação, sem dúvidas transborda de luta, organização e da união entre as comunidades.

Foto: MPA

Foto: MPA

O presidente da Associação local, Vitalmiro, iniciou o Ato saudando a mesa na pessoa de Wilson Dias, Diretor Companhia de Ação Regional (CAR), agradecendo pela presença dos apicultores e dos representantes políticos da região. Falou que tinha três meses enquanto presidente da associação e parabenizou o trabalho feito pelo senhor Antônio Freitas que se dedicou para que a UBM estivesse pronta e legalizada, pois, não faz muito tempo que pela organização conseguiram o selo de qualidade de produção de mel.

Logo em seguida, seu Antônio Freitas pode falar da importância da construção desta casa de mel, “as pessoas não acreditam, mais, o ano passado a gente colheu 18 toneladas de mel, e uma só família gerou a renda de 30 mil reais com a produção e beneficiamento do mel”. Vale ressaltar, que fez parte desta conquista a entrega de kits de apicultura para os camponeses/as que iniciaram a trabalhar a apicultura em sua propriedade, este foi mais um estimulo para a produção e beneficiamento do mel na região.

Foto: MPA

Foto: MPA

A mesa também foi composta por, Érica Anne, uma das representantes das famílias beneficiarias e coordenação estadual do MPA. Na ocasião, ela abordou sobre o objetivo do movimento enquanto organização social, que significa a produção de alimentos saudáveis para o povo brasileiro e afirmou que “nos 15 anos de organização e luta do MPA no município de Jacobina, beneficiamos mais de 700 famílias com água encanada, construímos dezenas de moradias camponesas, cisternas para o consumo humano e para a produção, energia elétrica, estamos fortalecendo a produção de hortaliças, a criação de animais de pequeno porte, a agregação de valor  produtivo do Licuri e essa Unidade de Beneficiamento de Mel é mais uma de tantas conquistas do MPA na região. A luta e a organização são fundamentais para que a agricultura camponesa tenha investimento e consiga atender ao objetivo da produção de alimentos saudáveis, envolvendo jovens, mulheres e fortalecendo o semiárido”. Destacando o papel que cumpre o movimento social para que conquistas tão importantes venham fortalecer a autonomia das comunidades.

Dentre outros pontos importantes o ex-deputado do PT, Amauri Teixeira, falou dos governos Lula e Dilma e dos avanços para a agricultura familiar e que com o golpe no ano de 2016, uma das primeiras medidas de Temer foi extinguir o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e fazer cortes de verbas destinados para o Semiárido e disse que era preciso de uma Legislação especifica para fiscalizar a produção dos pequenos agricultores. E por fim parabenizou a conquista da UBM no Paraíso e reafirmou o destaque que tem sido o governo da Bahia no apoio a Agricultura Familiar e Camponesa.

Foto: MPA

Foto: MPA

O diretor da CAR, Wilson Dias, apontou que os governos do PT federal e estadual contribuíram para com o desenvolvimento socioeconômico das famílias da região do Semiárido, da população mais pobre do Brasil. E trouxe a informação da pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, que a miséria e as desigualdade nestes últimos quatros anos voltou a subir. Ou seja, o projeto do governo Temer está desconstruindo o projeto do PT que deu certo em 12 anos de governo. Reforçou que o Governo do PT na Bahia, é um parceiro dos movimentos sociais e que o MPA tem uma pauta grande que está sendo negociada e atendida.

Por fim, Leomárcio Araújo, dirigente nacional, abordou sobre os projetos que estão sendo construído pelo MPA na Bahia, a exemplo da construção de estufas de café, campos de sementes crioulas, da luta por água encanada, da produção de alimentos na irrigação em Ponto Novo, livre de agrotóxicos e entre outros projetos que estão sendo feito em parceria com o Governo do Estado e que num momento especial que estamos vivendo frente as eleições é necessário termos clareza na hora de fazermos nossas escolhas.

Posted in Uncategorized