Brasil: MPA realiza seu I Congresso Nacional

6 de outubro de 2015

Cartaz_Oficial_do_I_Congresso_do_MPA.jpgO Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) realiza o seu I Congresso Nacional nos dias 12 a 16 de outubro no Pavilhão Vera Cruz, em São Bernardo do Campo (SP), local histórico das lutas operária. Com otema “Plano Camponês, Aliança Camponesa e Operária por Soberania Alimentar” o congresso consolida a aliança camponesa e operária, tendo no Alimento Saudável o elo unificador. Na oportunidade espera-se receber mais de 4.000 camponeses e camponesas, numa proporção de 50% mulheres, 50% homens e 60% Juventude, vindos de 19 Estados onde o MPA tem base organizada, bem como, a participação dos operários e delegações internacionais.

Em preparação ao I Congresso Nacional, foram realizados ato de lançamentos estaduais, bem como, estudos e eventos culturais de mobilização, animações e motivação visualizando o congresso. A programação contempla a I Feira Nacional da Agricultura Camponesa, com alimentos agroecológicos, bebidas, artesanato e muita cultura de todas as regiões do país, a feira será aberta ao público em geral, e, o I Congresso Mirim do MPA, onde as crianças do movimento terão a oportunidade de estudar, brincar, criar e aprender mais sobre o movimento que fazem parte.

O MPA compreende que o congresso nacional é a instância máxima de uma organização. Ao longo da construção da trajetória política o movimento realizou três Encontros Nacionais que funcionam na prática como instância de construção da unidade e de momento decisório sobre os rumos do movimento. Por isso escolhemos o berço da luta operária brasileira e a data do dia 16 outubro, dia internacional por Soberania Alimentar.

Pois compreendemos que a história reserva uma das maiores batalhas ao camponeses e operários, a de construir com nossas próprias mãos a libertação da Classe Camponesa e Operária da opressão do agronegócio, dos transgênicos, dos agrotóxicos, da violência contra as mulheres, da criminalização e de tantas outras violências que enfrentamos no nosso dia-a-dia.

Posted in Uncategorized