La CLOC VC Rumbo a su V Asamblea de Mujeres conmemorando el Día Internacional de la Lucha de las Mujeres

10 de março de 2015

mmc10mzo15.jpgNesse dia 10 de março de 2015, mulheres camponesas realizaram protesto em frente ao MAPA. Esta ação está no marco do 8 de março – Dia Internacional de Luta e Resistência das Mulheres Trabalhadoras – onde o Movimento de Mulheres Camponesas, juntamente com outras organizações de todo o Brasil estão mobilizadas na Jornada Nacional de Luta das Mulheres Trabalhadoras do Campo e da Cidade, de 8 a 15 de março de 2015, com o Lema “Por Soberania Alimentar, contra a Violência e o Agronegócio”.

Mulheres camponesas realizam feira agroecológica em Brasília

Mulheres camponesas reivindicam a permanência e ampliação de direitos previdenciários

As mulheres denunciam o grande investimento de recursos públicos para o agronegócio, sustentando um modelo de produção que destrói a biodiversidade, causa doença às pessoas e compromete a continuidade da vida no planeta.

É um modelo de produção que expulsa camponesas (es), indígenas, quilombolas, pescadoras (es) de seus territórios. Sua produção é baseada nos monocultivos, na concentração de terras, com transgênicos, uso abusivo de agrotóxicos, não produz alimentos, produz mercadorias para a exportação.

Esse modelo de produção provoca milhares de mortes de pessoas por câncer, em consequência do uso intensivo e abusivo de agrotóxicos e transgênicos. Causa violência contra as mulheres, rouba o direito da produção agroecológica do alimento saudável, e o direito da vida digna no campo.

As mulheres dizem: “Esse ministério não nos representa”, pois nunca atendeu as necessidades da agricultura camponesa. Seguiremos mobilizadas e em luta permanente enquanto continuar em vigor esse modelo de morte.

Fortalecer a luta em defesa da vida! Todos os dias!

Posted in Uncategorized